Deadpool | Ryan Reynolds fala sobre o roteiro do filme

ryan-reynolds

Produção ainda está em compasso de espera

Em entrevista ao Total FilmRyan Reynolds (R.I.P.D.) falou sobre o roteiro da adaptação para os cinemas dos quadrinhos de Deadpool.

No filme, ele sabe que é um personagem de HQs e sabe que está em um filme. Ele também está ciente que os executivos estão no estúdio fazendo o filme e mais ainda – ele sabe que estão fazendo um filme do Wolverine, mas não fala nada depreciativo sobre isso. Em outro momento, ele brinca com a própria action figure, também“, revelou, o ator, que há algum tempo gravou um teste para viver o personagem no filme solo e é o principal cotado para assumir o papel.

Apesar de dar detalhes de como o roteiro vai funcionar, Reynolds disse que a situação da produção pouco mudou em relação às últimas notícias divulgadas. “Em certo momento, o filme está vivo e chutando, e depois está morto, definitivamente morto. Mas aí ele volta, fica vivo e chuta de novo. Mas depois volta a morrer. É como se fosse o pior relacionamento que eu nunca tive“, comentou.

Convencendo a Marvel e a Disney a realizarem o longa, Tim Miller deve assumir a direção deDeadpool, com o roteiro escrito por Rhett Reese e Paul Wernick.

Teenage Mutant Ninja Turtle: Out of the Shadows | Assista ao trailer de Leonardo

Os trailers de Teenage Mutant Ninja Turtle: Out of the Shadows  com a jogabilidade dos personagens DonatelloMichelangelo e Raphael já haviam sido revelados anteriormente – e faltava só o do Leonardo. O vídeo foi liberado hoje:

Inspirado na atual série animada da Nickelodeon, Out of the Shadows inclui um modo cooperativo para quatro jogadores simultâneos. O game estará disponível para download na Xbox Live Arcade, no PlayStation Network e no Steam entre julho e agosto, em data ainda indefinida.

Ouça participação de Serj Tankian no single ‘We Are’

‘We Are’ foi produzido pela gravadora ‘Revolution Harmony’ uma gravadora sem fins lucrativos, idealizada por Ray Holroyd um professor e jornalista musical. Ao lado de Serj, participam do single Ihsahn (Emperor), e guitarra por Devin Townsend.

Composto, e arranjado por Ray em Vancouver, Canadá, o projeto foi gravado na América do Norte, Inglaterra, Noruega e Nova Zelândia, e foi mixado por Rohan Onraet, que já produziu bandas como Slipknot e Machine Head, e masterizado por Ted Jensen, produtor que já trabalhou com Green Day, Muse, entre outros.

‘We Are’ é um tema lírico, com um conceito de que a harmonia musical tem o poder de inspirar uma revolução para a harmonia da sociedade. O single foi dedicado a Nelson Mandela e a memória de Lucky Dube, um artista sul-africano. O lançamento mundial será no dia de Mandela (18 de julho), com todos os fins doados para ‘Buskaid’, uma instituição de caridade que fornece instrumentos e aulas de música grátis para crianças em municípios da África do Sul.

Confira mais sobre System of a Down, Serj Tankian (solo) e Scars on Broadway em SiteofaDown

Apple já está mexendo nos terríveis ícones do iOS 7

O iOS 7 ainda está em fase beta e muitas mudanças serão feitas. Como um bom lembrete disso, o site da Apple está mostrando algumas das necessárias mudanças nos criticados ícones do sistema.

As novas versões dos ícones foram encontradas pelo 9to5Mac, e o site supõe que a aparição deles foi resultado de um descuido. Mas como o iOS 7 ainda está tecnicamente em desenvolvimento, esse pode ser um sinal de que a Apple está ouvindo as reclamações e tentando corrigir as coisas. Isso significa que é possível que a versão final do iOS 7 seja diferente daquela testada por algumas pessoas.

appleios7icones

Aparentemente, o app de clima mostrará a temperatura atual sem precisar ser aberto, um recurso que tinha sido descartado no iOS 7. A maior parte das outras mudanças, no entanto, são mais superficiais e limitadas a algumas trocas de cores aqui e ali – Reminders, Newsstand, e Passbook sendo outros ícones que receberam algum ajuste. Pelo menos agora sabemos que esses ícones não necessariamente serão desse jeito no lançamento final do iOS 7.  gizmodo

Trailer de O Hobbit: A Desolação de Smaug!

Legolas sem exitar na hora de atirar em um anão. Tauriel e toda sua ruivice convencendo o namorado de que sim, aquela é uma guerra deles. E o Dragão aparentemente não muito feliz em ter sido acordado. Era isso o que o povo queria, não era?

O Hobbit: A Desolação de Smaug, o segundo de três filmes, pelo jeito, terá ação. Ou melhor: será todo baseado em ação, acelerando o ritmo lento do primeiro filme, Uma Jornada Inesperada. Com os Elfos falando em Guerra, com Smaug acordado, os anões nos barris… Parece tudo mais empolgante que o primeiro. Lindo como sempre mas, dessa vez, mais empolgante.

Todos ansiosos para que 13 de dezembro chegue logo!

Eis como é o PS4 visto de perto

É possível ser marcante e discreto ao mesmo tempo? O PS4 parece ser exatamente assim. Apesar de piadas que diziam que ele era apenas um Xbox One em itálico, os ângulos agudos do losango adicionam muito mais personalidade ao vivo do que nas fotos. E mais: o meio divisor faz o console parecer menor do que realmente é. Como o oposto de ter pneuzinhos.

O controle é muito mais confortável do que as versões anteriores do DualShock. Ele ganhou peso, em particular. O DualShock antigo era um controle leve que não gostava de ser segurado, enquanto o do PS4 ganhou curvas em todos os lugares certos. Os gatilhos são muito bons também. E todo o resto é igual, seja isso bom ou ruim.

Uma coisa: todo PS4 mostrado na E3 parecia estar de pé, mas a Sony usou apoios diferentes para eles. Um estava com uma base tradicional, outro com um suporte triangular vertical. Muitos dos PS4 provavelmente ficarão planos, o que provavelmente vai esconder o visual do sistema.

original (1)original (2)original (3)original (4)original (5)original (6)original (7)original

Forever Evil | DC Comics confirma Mês dos Vilões e anuncia nova saga

Todas as revistas terão capas lenticulares

Depois de meses de boatos e especulação, a DC Comics confirmou esta semana, ao Buzzfeed e ao USA Today, que setembro será seu “mês dos vilões”: todas as séries da editora terão edições dedicadas a seus principais supervilões. E o evento terá um nome que também já circulava na boataria: Forever Evil.

Forever Evil será também o nome da saga que começa em setembro, que parte dos títulos “roubados” pelos vilões, segue numa minissérie principal em sete capítulos e, a partir de outubro, ganha mais três minisséries secundárias e integra-se às revistas mensais. É a primeira grande saga dos Novos 52.

A minissérie principal da saga fica a cargo de Geoff Johns e David Finch. Como mostra a capa, Lex Luthor é a figura-chave, e a Mulher-Gato parece ter mudado de lado. Já as minis secundárias são Forever Evil: Rogues (sobre a galeria de vilões do Flash, por Brian Buccellato e Patrick Zircher), Forever Evil: Arkham War (sobre uma briga entre Bat-vilões, por Pete Tomasi e Scot Eaton) e Forever Evil: A.R.G.U.S.  (sobre a agência do governo que regula os super-heróis, com roteiro de Matt Kindt).

Quanto às revistas de setembro, a DC explicou que elas virão com o adendo “.1” à última edição (Batman  #23.1, por exemplo) e o nome do vilão em destaque sobreposto ao título. E mais uma sacada: serão capas com tecnologia lenticular  (ou “motion 3D”, como a editora chama) que fazem um leve movimento na arte quando o leitor mexe o papel. Confira abaixo:

Dan DiDio e Jim Lee, os publisher da editora, confirmaram também que setembro terá 52 edições-vilão, apesar de cancelamentos recentes. É provável que algumas séries estreiem neste mês.

 

Batman: Caos em Arkham City | HQ baseada no game vai sair no Brasil

batman-arkham-city

Série é lançada originalmente em formato digital

Panini Comics anunciou para este mês o lançamento de Batman: Caos em Arkham City, HQ baseada nofamoso game. É a continuação do especial Batman: Arkham City, lançado por aqui no ano passado.

As histórias se passam no contexto do game: quando o Dr. Hugo Strange transforma todo um bairro de Gotham City em hospício. Os personagens principais do jogo, como Asa Noturna, Robin, Bane, Arlequina, Crocodilo e outros têm aventuras solo e conjuntas. Derek Fridolfs, Paul Dini, Pete Woods, Brian Ching e Simon Coleby assinam as histórias.

Originalmente intitulada Batman: Arkham Unhinged, a série saía primeiro em versão digital e depois em versão impressa nos EUA, e se encerrou no início deste ano depois de 58 capítulos semanais. A edição da Panini reúne os 13 primeiros em 164 páginas e custa R$ 22,90.

Batman – O Cavaleiro das Trevas | Vídeo mostra o diário do Coringa de Heath Ledger

Pouco mais de cinco anos após a morte de Heath Ledger, o pai do ator, Kim Ledger, mostra o “Diário do Coringa”. Mantido pelo ator durante as filmagens de Batman – O Cavaleiro das Trevas, o livro mostra um pouco das pesquisas feitas por Ledger para a construção de seu personagem, que lhe rendeu o Oscar de Melhor Ator Coadjuvante.

O depoimento faz parte do documentário alemão Too Young to Die e tem um primeiro trecho divulgado no vídeo abaixo, dublado em francês, com legendas em inglês.

Veja:

Veja como são tiradas as fotos dos lanches do McDonalds

Sempre que vemos um lanche em comerciais ele é diferente quando o pedimos para comer. O McDonalds, por exemplo, os sanduíches passam por sessões de fotos dignas das maiores top models. Um pouco de iluminação, alguns ingredientes posicionados estrategicamente, um pouco de Photoshop e temos o sanduíche perfeito. Veja no vídeo como tudo é feito:

Agora sabemos porque os sanduíches não vêm similar ao das propagandas. Mas o importante é o sabor 🙂

%d blogueiros gostam disto: