O Google Glass é ruim para os olhos?

google-glass-img

O Google Glass consegue fazer coisas fantásticas. Observe estes vídeos gravados com ele. Mas considerando o quanto seus olhos são prejudicados por olhar para telas, o Google Glass vai danificar ainda mais a sua vista a longo prazo?

O Google colocou alguns alertas aos seus possíveis consumidores no FAQ do Glass (ênfase adicionada):

O Glass não é para todos.

Como com quem usa óculos, algumas pessoas podem sentir cansaço visual ou ter dor de cabeça. Se você fez uma cirurgia Lasik, pergunte ao seu médico sobre os riscos de danos aos olhos antes de usar o Glass. Não deixe crianças com menos de 13 anos usar o Glass já que isso pode prejudicar o desenvolvimento da visão. Além disso, crianças podem quebrar o Glass e se machucarem, e os termos de serviço do Google não permitem que menores de 13 anos registrem uma conta do Google. Se o Glass não é para você e você deseja devolvê-lo, faça isso antes do fim do período de reembolso.

Então nada de Glass para crianças menores de 13 anos. Mas isso é apenas uma coisa legal com uma dose de precaução, disse o Dr. Jim Sheedy, diretor de Pesquisa Optométrica do Instituto de Desempenho de Visão Optométrica de Pacific College ao Gizmodo.

“Não vejo nenhuma razão específica para smartglasses serem prejudiciais a crianças. O alerta sobre o uso por crianças foi dado por precaução e de uma posição de prudência legal. Quando smartglasses se tornarem mais comuns, como espero que sejam, nós vamos ficar mais confortáveis com a defesa da sua utilização por crianças.”

Então ele provavelmente é ok para crianças, mas e para o resto de nós? Já olhamos para laptops, smartphones e tablets durante o dia inteiro, o que não é exatamente o ideal. Você provavelmente já sofreu com dor ocular, olhos secos e outros sintomas comuns de desconforto. Mas o Google Glass é um caso diferente. Nós passamos horas na frente dos nossos computadores, e o Google Glass foi projetado para passar menos tempo em ação. Talvez você fique o tempo todo vestindo o Glass, mas só vai usar o Glass quando precisar, seja quando você estiver respondendo uma mensagem ou ouvindo ele avisar que você precisa virar à direita na próxima rua. Não há uma tela constantemente ligada à frente das suas retinas. Na verdade, mesmo se você usar o Glass continuamente, você só teria cerca de uma hora de bateria.

Especialistas não estão muito preocupados. Sheedy diz que ele não prevê nenhum risco degenerativo do uso dos óculos e ele não vê nenhuma razão para ele causar danos para seus olhos.

O Glass tem algumas limitações que, intencionais ou não, diminuem o cansaço ocular. Por exemplo, gravações de vídeos em 10 segundos por padrão. E você pode escrever uma mensagem de texto apenas dizendo ao Glass o que quer, em vez de ter que olhar para uma tela. Deste ponto de vista, seus olhos podem preferir que você envie mensagens pelo Glass do que pela LCD do seu smartphone. Claro, vestir o Glass pode fazer você parecer um ciborgue, mas ele foi desenvolvido para tirar a tecnologia do seu caminho. É compreensivelmente difícil pensar nisso quando você está usando um computador colado na sua cara – ou olhando para uma pessoa que está. Mas isso é outra questão.

Diferentemente de qualquer problema real de visão, Sheedy diz que o risco potencial está mais relacionada com a mudança do olho de diferentes campos visuais de realidade. Quando você se move, certos receptores dizem ao seu cérebro onde você está situado. Mas quando é dado a você algum tipo de estímulo – um mapa piscando nos seus olhos, por exemplo – o cérebro fica confuso, e isso causa sintomas como tontura, ou, em casos mais extremos, náusea, o que Sheedy viu em seus estudos de 3D.

Mas os problemas de reconhecimento espacial não são algo que muitas pessoas terão. Em um recente Q&A com o Google, o oftalmologista de Harvard professor Dr. Eli Peli disse que esses problemas são provavelmente mínimos.

“Os olhos de algumas pessoas demoram mais para se ajustar a esses sistemas”, ele disse. “Isso deve ser esperado. Teorias sobre consequências sérias como confusão ou desorientação foram levantadas na mídia e tem ecos na literatura nos anos 1990, mas eram associadas com displays de realidade virtual inteiramente fechados.”

Um porta-voz do Google disse o seguinte:

“Nós estudamos design de conforto e segurança, e não descobrimos nada que cause preocupação. É algo que continuaremos observando. Estamos trabalhando com oftalmologistas no processo de desenvolvimento.”

É claro que é natural que o Google esteja otimista nesta questão. Eles estão vendendo os óculos de US$ 1.500. E para muitos de nós, isso ainda é bastante hipotético: agora o Glass está nas mãos de poucos usuários beta. Mas quando, e se, ele se tornar popular, você não deve se preocupar muito com seus olhos. O que é bom: há preocupação o suficiente com custos e privacidade para deixar você ocupado. gizmodo

Sobre rsyst

16 anos. Grande fã de quadrinhos, series e filmes. Músico amador. ( solteiro )

Publicado em 3 de maio de 2013, em Tecnologia e marcado como , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: