Injustice | um Mortal Kombat com super-poderes

Apesar de reconhecer que o Mortal Kombat mais recente é um jogo de luta de gente grande, eu não largaria meu Street Fighter ouThe King of Fighters para investir nele. Provavelmente Injustice: Gods Among Us, da Netherrealm Studios, não vai me fazer mudar de ideia completamente. Mas ele, pelo menos, é um game do qual eu posso aprender a gostar.

O DNA da Netherrealm, produtora que trabalhou em MK, é óbvio no game de luta da DC – a princípio, o Batman e o Superman de Gods Among Us podem até parecem Scorpion e Sub-Zero vestidos com fantasia de festa infantil. A estrutura dos corpos é a mesma, o tipo dos movimentos é a mesma, o aspecto das roupas é quase o mesmo. Os heróis da dos quadrinhos, porém, são mais dados a fazer caretas e ranger os dentes.

Mas quando você pega no controle já sente que não vai ouvi nenhum “Toasty” durante os confrontos. Enquanto Mortal Kombat parece um jogo mais travado, em que cada personagem parece congelar por alguns instantes depois de cada golpe (mas, ao mesmo tempo, não têm movimentos com muito peso), os combos de Injustice fluem de um jeito muito mais suave. Os golpes se ligam uns aos outros (e aos especiais) com mais naturalidade, o que, além de ser mais agradável aos olhos, também deixa o fluxo do jogo mais rápido e próximo de outros jogos de luta 2D.

A versão disponível da BGS é bem recente: até o Arqueiro Verde, personagem recém-anunciado, está presente na lista de lutadores da qual ainda fazem parte Superman, Batman, Mulher Maravilha, Flash, Ciborgue, Solomon, Arlequina e Mulher Gato, cada um com estilos bastante diferentes. O Batman tem cabos e bumerangues, a Mulher Maravilha pode equipar um escudo e uma espada (um modo de luta alternativo) enquanto o Flash e o Superman são mais dados a correr para cima do oponente dando porrada e Solomon tem peso, potência e agarrões.

O sistema de especiais, por outro lado, é quase igual ao do Mortal Kombat mais recente. A barra é dividida em três partes e, dependendo de quanto você gastar, tem aciona um super-golpe diferente. Os de nível 3 (o máximo) são quase como os ataques de Raio-X, mas aqui cada um tem um efeito bem diferente, como quando o Flash dá a volta correndo no planeta para acertar um soco no outro infeliz.

Entre os personagens dos quadrinhos da DC e o ritmo mais fluido, Injustice parece uma adição digna ao panteão dos jogos de luta.

Sobre rsyst

16 anos. Grande fã de quadrinhos, series e filmes. Músico amador. ( solteiro )

Publicado em 14 de outubro de 2012, em batman, Dc comics, games, Novos 52, Novos Titãs, Superman e marcado como , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: